O fim do ano chegou! O que devo comer?


O fim do ano está chegando e com ele vêm os encontros, saídas e comemorações. Manter uma alimentação saudável e equilibrada se torna um desafio constante no dia a dia e parece uma tarefa impossível. Porém, existem algumas estratégias simples que poderão facilitar a sua vida e diminuir a probabilidade de ganhar gordura nesse período.

Antes de qualquer coisa, é importante lembrar que cada refeição exerce um efeito no organismo e que não se trata de um único alimento, mas da refeição como um todo. Então não há alimentos proibidos e sim um combinação que lhe fará muito bem, um pouco bem ou mal. Logo, o equilíbrio é a chave, mesmo diante de alimentos que sabemos não serem saudáveis. Por exemplo, o que é um sanduíche com hambúrguer completo, mesmo não sendo caseiro, diante da possibilidade de ser consumido junto à batata frita e ao refrigerante? A combinação é que poderá fazer mal, a depender do estilo de vida da pessoa, não o alimento em si.

Agora vamos às dicas. A primeira é sempre iniciar as refeições com alimentos que atuam bastante sobre a saciedade, pois, desse modo, os mais calóricos ficarão para o fim e serão consumidos em menor quantidade.

As fibras são nutrientes com grande capacidade sacietógena, e estão presentes principalmente em frutas, verduras, legumes e grãos integrais. Iniciar as refeições com esses alimentos é uma excelente ideia. Assim, além de já garantir várias vitaminas, minerais, e compostos bioativos, ainda diminuirá as chances de abusar dos alimentos que serão consumidos na sequência. Aquela salada de entrada pode ser mais interessante do que o dadinho de tapioca, afinal é possível que a rodada ainda tenha sobremesa ao fim. É o equilíbrio que dita as regras.

A segunda é garantir o consumo de alimentos fontes de proteína saudável, como carnes magras, ovos, queijos brancos, feijão, grão-de-bico, etc., pois atuam sobre a saciedade e ainda gastam mais calorias no processo de digestão. Além de diminuir vontade de comer, esses alimentos o deixarão mais tempo sem fome, diferentemente dos carboidratos simples, como os doces, pães e massas brancas.

A terceira dica é não ficar longos intervalos sem se alimentar. Quando for a uma confraternização, assegure-se de não chegar com o estômago completamente vazio; caso contrário, a fome o fará perder um pouco do controle sobre as escolhas alimentares.

Por fim, é essencial prestar atenção aos sentidos. A atenção aos sabores, aromas, cores, sons, textura e aspectos emocionais (lembranças, prazeres) aumenta o poder de saciedade, favorece o processo de digestão e torna a refeição um momento mais agradável e único. Alimentação não é apenas a nutrição do corpo, mas também da mente e alma.

#reveillon #festas #dieta #dicas #alimentaçãosaudável #AnoNovo #Natal

39 visualizações

Consultório Conjunto Nacional

Av. Paulista, 2073, edif. Horsa 2, cj. 101

Cerqueira César, São Paulo, SP

11 3179-0101 / 94296-6767

Segundas, das 8h às 21h

Meniá

Av. Nove de Julho, 4634,

Jardim Paulista, São Paulo, SP

11 3068-0808 | Terças, das 9h às 20h

  • Doctoralia - Daniel Barreto
  • Instagram- Daniel Barreto
  • Telegram - Daniel Barreto
  • Facebook - Daniel Barreto
  • LinkedIn - Daniel Barreto

Desenvolvido por

Daniel Barreto